Acessibilidade - ouvir

| Alunos do Curso Profissional de Turismo Ambiental e Rural

Com o objetivo fundamental de consolidar os conhecimentos nas disciplinas de Técnicas de Acolhimento e Animação e de Turismo e Técnicas de Gestão, os alunos do 3.º ano do Curso Profissional de Turismo Ambiental e Rural deslocaram-se a Aveiro, no passado  dia 21 de março de 2018, para visitarem vários locais emblemáticos da cidade.

Para a realização desta atividade, foi utilizada uma proposta didática, apresentada pela Escolândia, com transporte e visitas guiadas. Da parte de manhã, os alunos visitaram a fábrica Toyota de Salvador Caetano em Ovar, primeira fábrica Toyota na Europa onde puderam ver as várias fases da montagem de um veículo e puderam constatar a importância e aplicação da Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho.

Após o almoço no Shopping Fórum Aveiro, fez-se a visita guiada ao Navio – Museu Santo André, na Gafanha da Nazaré, que fez parte da frota portuguesa do bacalhau e ilustra as artes do arrasto. Seguidamente fez-se o passeio de Moliceiro, na Ria de Aveiro. Esta embarcação era originalmente utilizada para a apanha do moliço, mas atualmente é mais usado para fins turísticos. Ao longo deste passeio de barco, foi possível apreciar os edifícios históricos de Arte-Nova, as marinhas de sal de Aveiro, os armazéns de peixe, diversas pontes, a zona moderna da cidade com especial destaque para o Fórum Aveiro e o Mercado Manuel Firmino. No final do Canal do Cojo, viu-se a Fábrica de Cerâmica Campos, hoje recuperada para alojar a Câmara de Aveiro, o Instituto de Emprego e o Centro de Congressos de Aveiro. Por último, fez-se uma breve visita à Costa Nova em substituição da visita ao Museu Marítimo que se encontrava encerrado por motivo de obras.

Os objetivos propostos para esta atividade foram totalmente alcançados. Os alunos mostraram-se participativos e interessados na aquisição e consolidação de conhecimentos, aperfeiçoaram a sua capacidade de observação e valorização do património histórico e cultural, puderam verificar as potencialidades turísticas dos locais que visitaram, e desenvolveram a sociabilidade, autoestima e o convívio entre alunos e professores.

A Coordenadora do Curso
Virgínia Marinho