Acessibilidade - ouvir

| Cursos Profissionais de Cozinha/Pastelaria e de Pastelaria/Padaria

Os professores de Economia, Área de Integração e Gestão e Controlo do 1.º E dos Cursos Profissionais de Cozinha/Pastelaria e de Pastelaria/Padaria realizaram uma visita de estudo pedagógica a Chaves e Vidago, no passado dia 4 de maio de 2018.

A visita de estudo a Chaves procurou efetivar e operacionalizar a interligação entre a teoria e a prática por vezes, dissociada, da realidade empresarial.

Uma oportunidade de contextualizar in loco, muitas das aprendizagens desenvolvidas na sala de aula, promovendo a interdisciplinaridade tornando o aluno mais ativo e consciente do seu papel na sociedade. Ela constituiu, uma situação de aprendizagem que favoreceu a aquisição de conhecimentos, proporcionou o desenvolvimento de várias competências e capacidades, a aquisição e aplicação de técnicas de pesquisa, recolha e tratamento de informação, o desenvolvimento da observação e organização do trabalho, bem como a elaboração de sínteses e relatórios.

Os alunos do Curso Profissional de Cozinha/Pastelaria e de Pastelaria/Padaria tiveram oportunidade de visitar as duas unidades fabris da empresa Doce Mensagem, Pastelarias, Lda. que lidera o mercado de pastelaria regional, distribuídos entre as duas unidades industriais e a Pastelaria Momentos Carbela. A ligação dos alunos com esta realidade empresarial, troca de saberes e experiências partilhadas com os funcionários, monitores e responsáveis da produção conferiu-lhes momentos únicos de aprendizagem e uma interação de saberes fundamentais à consolidação dos seus conhecimentos e um maior domínio de saberes enquanto futuros profissionais deste ramo de negócio. E, muitas vezes, mais importante que os conhecimentos que se adquirem, são as descobertas mútuas que se proporcionam.

Os preparativos para uma nova visita e uma nova descoberta, no mesmo mundo empresarial, aconteceram quando nos dirigimos para a empresa Solara – Produtos Alimentares, Lda a fim de acompanhar o processo de fabrico de algumas das distintas especialidades produzidas na Unidade Fabril (fabricação de produtos à base de carne; salga, secagem e outras atividades de transformação de produtos da pesca e aquicultura; pastelaria; fabricação de outros produtos alimentares diversos).

O próximo destino foi a Fundação Nadir Afonso cuja missão é a divulgação da obra de Nadir Afonso, em particular, e o estudo da Estética e da Arte Contemporânea, em geral. A Fundação Nadir Afonso diferencia-se ao promover a igualdade de oportunidades no acesso à cultura. Sensibilizar os alunos para a componente cultural foi um dos desígnios pretendidos com esta iniciativa.

O Palace Vidago Hotel esperava-nos, pois tínhamos encontro marcado pelas 15:30. O centenário Palácio proporcionou aos alunos um conhecimento pleno de um serviço de luxo, de elevada excelência e conforto. No interior do hotel, fomos “convidados a desfrutar” de um dos magníficos 70 Quartos & Suites, a “saborear a gastronomia” do majestoso Salão Nobre e a “relaxar no moderno Spa Termal”, cuja água mineral de Vidago – reconhecida pelas suas qualidades terapêuticas de exceção – é rainha! De realçar que, os alunos implicaram-se de forma ativa, procurando informação, construindo opinião, confrontando e debatendo ideias, sistematizando conhecimentos por forma a promover uma consciência analítica e crítica da realidade empresarial.

Uma experiência que, fomentou nos nossos alunos, o desenvolvimento de capacidades de observação e desenvolvimento do trabalho em equipa e de comunicabilidade, fundamentais na construção do seu caráter, da sua personalidade e indubitavelmente, decisivas no mundo laboral que brevemente irão ter a oportunidade de integrar enquanto técnicos profissionais da área.

Muito gratificante!

O Professor Daniel Quintas